DEGUSTAÇÃO FANTÁSTICA DO LIVRO 1 – SÉRIE OS FILHOS DO TEMPO – autor Chaiene Santos:

ttp://www.amazon.com.br/gp/bestsellers/digital-text/5559907011/ref=pd_zg_hrsr_kinc_1_4_last

“Os olhos de Nicolas brilharam frente à perspectiva de adquirir novos conhecimentos!
— Por favor, Zara, eu adoraria ouvir mais sobre o que aconteceu. Imagino, porém, que o ser humano não tenha mudado muito, já que vocês têm a aparência de um ser humano normal.
A geneticista riu do engano de seu interlocutor. Era engraçado, mas fazia sentido, afinal de contas ele não havia visto ainda a real forma dos tripulantes da nave.
— Você está enganado, mas vou começar essa história do início. Nós conhecemos todo o mecanismo biológico das espécies deste planeta, portanto não precisamos fazer experiências com os seres humanos ou outras espécies. Quando realizamos nossas missões, os objetivos principais são coletar gens para no nosso planeta recuperar espécies extintas através de clonagem. A Science II possui um vasto banco de dados com a maioria dos genomas terrestres.
Vou explicar brevemente como nos desenvolvemos a partir do homo sapiens moderno.
O cérebro humano tem uma capacidade surpreendente de armazenamento de dados. Com o advento das tecnologias de informação e aumento do conhecimento humano, o desenvolvimento cerebral foi acelerado, pois a necessidade de acompanhar as inovações aumentou a cada geração.
O garoto escutava o que Zara dizia e sentia-se completamente mergulhado num mundo desconhecido e fantástico. A cada instante, se tornava ainda mais curioso.
— Assim sendo, os inventos e as tecnologias cresceram de forma exponencial e a mente humana se desenvolveu mais rapidamente, ocorrendo então um aumento do cérebro e, consequentemente, do crânio, em proporção maior em relação à face.
Devido a mudanças nos padrões alimentares que já começaram nestes dois últimos séculos, os maxilares começaram a atrofiar por causa da falta de mastigação dos alimentos que se tornaram cada vez mais moles e industrializados. Com a ausência de mastigação, os últimos dentes de cada série das arcadas, incisivos, pré-molares e molares desapareceram, tornando-se elementos dentários apenas resíduos dos atuais. A mandíbula diminuiu até o tamanho que possuímos no futuro por causa da redução de sua função.
Nicolas jamais ouvira falar sobre isso em sua curta existência de vida. “A que Zara se refere? Ficaremos cabeçudos e com queixo pequeno?”, pensou. Com suas capacidades telepáticas, a geneticista percebeu que ele entendera claramente como ocorrera a evolução humana. E resolveu continuar a conversa telepaticamente:
— Sua conclusão em relação ao futuro está correta. Por isso, eu disse que nós somos o futuro da raça humana.”
1078358_494222510671459_1813865214_n

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s