PERDI O “S”

Tentei ser singular,
Perdi o “s” da minha vida,
Levá-la até o fim sem você
Não queria reparti-la
Tão rápido passou o tempo,
Chegou a idade,
Deixei seu amor escapar,
Também se foi a felicidade
Agora meus amigos curtem os netos
Fico triste por ter feito tantas curvas,
Sem encontrar os caminhos retos,
Nem fazer do nosso amor,
Uma estrada de sonhos concretos
Há uma esperança
Toda perda estimula uma mudança,
Colocarei na minha vida mais um “s”,
A noite sempre acaba,
Mas um novo dia também amanhece
Chaiene Santos
Livro Poesias e Poemas – Amar, Curtir & Compartilhar)
Capa Poesias (2) (542x600)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s